Chicotada já! Brito para a rua!
Domingo, 14 DE Fevereiro 2010

www.ojogo.pt/

 

A não inscrição do Rio Ave nas competições europeias foi por simples opção, e caso o Rio Ave se qualifique através da taça de Portugal o nosso presidente vai ver o que se pode fazer...

 

Que falta de ambição...

 

Eu quando o Rio Ave conseguir matematicamente a manutenção não vou assistir aos jogos do campeonato, afinal os objectivos já estão cumpridos... E lanço desde já um repto aos meus leitores para fazerem o mesmo e espalharem a mensagem,  nem que seja só por um jogo deviamos mostrar o nosso descontentamento por esta opção!

publicado por José Nasazzi às 00:02
José,
repito o que disse aos leitores do Riovistas:
"jogo sem adeptos é que não porque os jogadores e treinadores não têm culpa. Nem nós temos.
Porque não os sócios assistirem a um jogo na Bancada Nascente como protesto?
Os sócios da Coberta, Cativos ou Descoberta e que assistem sempre aos jogos na Bancada Poente poderiam pelo menos uma vez assistiriam na Nascente para mostrar o seu descontentamento."

http://rioavistas.blogspot.com/2010/02/imprensa-do-dia_13.html
S.Oliveira a 14 de Fevereiro de 2010 às 02:16
Por acaso não tinha visto os comentários no seu bolg, mas a sua proposta também é interessante. Faça essa iniciativa que terá o meu apoio.
José Nasazzi a 14 de Fevereiro de 2010 às 22:35
Em vez de manifestações mais ou menos simbólicas (correndo mesmo o risco de, num ou noutro caso, correrem o risco de poderem ser consideradas patéticas), porque é que os sócios descontentes não fazem aquilo que têm o direito de fazer: convocar uma AG para discutir o assunto?
é como se eu tivesse sido convocado injustamente para pagar uma multa nas finanças e, em vez de reclamar no sitio certo, fizesse uma manifestação do outro lado da rua!
jpmeneses a 19 de Fevereiro de 2010 às 10:44
E se depois de reclamar no sítio certo você continua-se a ter de pagar a multa?

O assunto de participar nas competições europeias já não foi discutido numa assembleia? E mudou alguma coisa?

Patético para mim é pensar que se pode resolver alguma coisa numa assembleia geral. O erro já foi cometido...
José Nasazzi a 19 de Fevereiro de 2010 às 13:54
São duas coisas diferentes:
- tentar resolver este caso em concreto (que, tanto quanto percebi, já não tem correcção possível);
- na linha da 'revolta' que temos lido em diversos blogues, esmiuçar o caso, discuti-lo, pôr o dedo nas feridas; Isso pode ser feito numa AG, que teria ainda a capacidade de, por exemplo, fazer aprovar uma 'directiva' que obrigasse futuras direcções a inscrever a equipa sempre que disputemos competições profissionais.

PS - eu não escrevi (leia por favor) que eram ideias patéticas; disse que (genericamente) corriam o risco de serem interpretadas como tal. Mas se acha que discutir isto numa AG é patético estamos conversados.
jpmeneses a 19 de Fevereiro de 2010 às 14:17
Este caso já não tem correcção possível.

Em relação ao segundo ítem que escreveu, é muito bonito sim senhor. Mas volto a dizer que este assunto já chegou a ser falado numa assembleia geral há uns anos trás e não valeu de nada. Em relação à directiva que obrigasse a inscrever sempre o clube nas competições europeias, reconheço que é uma boa ideia. Mas se já leu os estatutos do nosso clube (e o S.Oliveira já fez questão de tanscrevê-los aqui) vai perceber que a inscrição em competições europeias é um fim (obrigação) do nosso clube...
José Nasazzi a 19 de Fevereiro de 2010 às 15:11
Para se convocar uma AG extraordinária são necessárias 50 assinaturas de sócios com as quotizações em dia e pelo menos 2/3 deles têm que estar presente nessa AG.
No momento da entrega do requerimento, os requerentes terão que a quantia de 24,94 euros (artigo 78º).
Depois é preciso aguardar que o Presidente da Mesa da AG convoque atempadamente a AG extraordinária.
As participações das nossas AGs rondam os 30 a 40 associados se pelo menos 2/3 estiverem presentes representa mais ou menos 33 associados.

E isto para quê? Para dizer que a Direcção deliberou não respeitar os estatutos? Se assim é cabe então ao Presidente da Mesa tomar essas iniciativa. Recordo o que disse ele uma vez ao J.P. Meneses numa AG que se achasse que a equipa que a Direcção e o treinador da altura não estivessem a construir uma equipa que lutasse pela manutenção ele próprio convocaria uma AG para mostrar o seu desagrado com a Direcção e o Treinador (http://reisdoave.blogspot.com/2008/08/ag-desta-manh.html).

Logo convocando-se uma AG extraordinária apenas serviria para mostrar cartão amarelo/vermelho a toda a Direcção (incluindo os que votaram a favor da inscrição) e à Mesa da AG por esta não estar a fazer o seu papel e nada resolveria pois as inscrições já estão fechadas.

Mas chamo a vossa atenção para o que escreveu o Aqueduto em 25 de janeiro http://estadiodosarcos.blogspot.com/2010/01/algo-se-passa.html
Lembro que o Aqueduto quando fez parte de uma certa Direcção participou numa decisão idêntica http://estadiodosarcos.blogspot.com/2010/02/sobre-pre-inscricao-para-europa.html

Mas com o carnaval já passou e estamos na quaresma também eu vou tentar jejuar até à Páscoa. Isso nota-se nas últimas postagens do Rioavistas.

Se o JP Meneses pretender levar avante o requerimento de uma AG extraordinária eu assino de cruz e lá estarei presente.
S.Oliveira a 20 de Fevereiro de 2010 às 01:33

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
últ. comentários
Este blog obsessivo-compulsivo com disturbio tripo...
Mudaste de nome porquê...? para nos tentar enganar...
Não aprenderam nada. Infelizmente.
Ó Nasazzi, tu tens 3 personalidades, homem? Devias...
Acaba é com o blogue e faz um novo! E sai do anoni...
Mudança de linha editorial?Espera-se mais a...
É tudo uma questão de doença.Uns param os comentár...
Vá lá, já é tempo de comentar as últimas do Rio Av...
Nao responde porque está entaldo, queria que o RA ...
O Rio Ave ganha, há uma Assembleia Geral e este ga...
blogs SAPO