Chicotada já! Brito para a rua!
Quarta-feira, 06 DE Outubro 2010

Agora gostaria de perguntar ao presidente se nas próximas 3 jornadas (Sporting fora, Braga casa e Setúbal fora) obtiver-mos 1 ou 2 pontos a confiança continua idêntica? E se daqui a 10 jornadas continuar-mos em último a confiança é igual? E se no final do campeonato descer-mos de divisão? Quem vai assumir a responsabilidade?

 

Realmente o normal em Portugal é nunca ninguém assumir a responsabilidade de péssimas gestões, quer na política, no futebol, etc. Os próximos a vir que se desenrasquem, não é assim?

 

Eu quero lançar um desafio ao nosso presidente: se ficarmos nos dois últimos lugares do campeonato com este treinador, o senhor coloca nos cofres do clube o equivalente aos valores que um clube da primeira divisão recebe. Assume a responsabilidade dos seus actos. Aceita?

 

P.S. ASC dispensou João Eusébio à 13ª jornada, o Rio Ave estava na 15ª posição e tinha 10 pontos. Estava a apenas 1 ponto do 13º posto, a 2 pontos do 11º posto e a 3 pontos do 10º lugar...Nessa altura não houve confiança suficiente para segurar Eusébio, nem com a proximidade de Janeiro e a respectiva possibilidade (e necessidade) de reforçar o plantel, como veio a acontecer para o novo mister Carlos Brito. Aqui ASC decidiu que a chicotada era essencial, vamos ver o que acontecerá à 13ª jornada desta época....

 

 

Agora uma mensagem para o Brito, deixe o João Tomás no banco! Já há muito que o digo, foi uma péssima ideia voltar a contratá-lo! Ok, marcou dois golos à Académica e depois? Já se deu muito tempo de jogo a Tomás, agora é a vez de Yazalde jogar no centro!

publicado por José Nasazzi às 22:37
Nao sei quem e o autor deste blog mas gostava de o conhecer , pois pareceme ser uma pessoa atenta e que da as suas opinioes baseado em factos ( e contra factos nao ha argumentos ).
ASC quer claramente proteger Carlos Brito , pois note se que J.Eusebio naltura estava em melhor posiçao do q esta agora o nosso mister e foi mandado embora e naltura J Eusebio ja tinha jogado contra os 3 grandes .
Carlos Brito so esta no Rio Ave esta epoca porque nao teve nenhuma proposta mais aliciante se nao ja se tinha posto andar a muito tempo .

Anónimo a 7 de Outubro de 2010 às 02:21
Não se podem comparar as situações.
J Eusébio não era o treinador escohido pela actual direcção. Para o bem e para o mal estava conoctado com a direcção que acabara de sair.
C Britos foi uma escolha, e aposta, desta direcção. Teve carta branca para formatar a equipa a seu belo prazer.
É verdade que J Eusébio fez um melhor campeonato do que C Britos, comparando as sete primeiras jornadas, quer pelo número de pontos, quer pelos adversários que defrontara em casa. Mas o que interessa não são as classificações à sétima jornada, mas sim à última e C. Britos tem todas as condições (como nenhum outro trreinador teve no Rio Ave) para vir a brilhar mais uma vez no Rio Ave.
Pode-se é criticar o despedimento de J Eusébio. Mas isso não é fundamento para se despedir C Britos.
Anónimo a 7 de Outubro de 2010 às 09:21
Tem toda a razão no seu comentário, por isso mesmo é que como Carlos Brito é aposta desta direcção (em detrimento de J. Eusébio que era o treinador do Rio Ave...), se as coisas não melhorarem é preciso assumir as responsabilidades da sua gestão. E assumir as responsabilidades não é dar uma entrevista a dizer umas coisas, é pagar os prejuízos ao clube!

Volto a referir que João Eusébio era o treinador do Rio Ave, e independentemente de entrar outra direcção, as pessoas que estavam no Rio Ave mereciam respeito. Não se pode entrar numa instituição como o Rio Ave para satisfazer caprichos pessoais e colocar lá pessoas a trabalhar com contrato vitalício, quer se ganhe quer se perca, quer se trabalhe bem, quer se trabalhe mal...

Volto a frisar: "Assumir as responsabilidades não é dar uma entrevista a dizer umas coisas, é pagar os prejuízos ao clube!"
Nelsinho a 7 de Outubro de 2010 às 22:36
Será que a anterior Direcção indemnizou o clube quando o Eusébio falhou escandalosamente a subida?
Anónimo a 8 de Outubro de 2010 às 10:04
O que queria que a anterior direcção fizesse? Despedir o treinador a 1 ou 2 jornadas do fim do campeonato? Não me parece que fosse o mais adequado...

São duas situações completamente diferentes!

Podia perguntar era porquê que Eusébio não foi despedido no final desse campeonato. João Eusébio continuou a ser aposta dessa direcção e subiu, se não tivesse subido é que se podia falar em assumir responsabilidades por parte dessa direcção.

Nelsinho a 8 de Outubro de 2010 às 23:32
M'engana que eu gosto, Nelsinho! O que eu perguntei é se a Direcção tinha indemnizado o clube, não disse que o Eusébio tinha de ser despedido.

Olha, não dizes nada sobre a entrevista do Maia? Ou é porque foi iniciativa do blog daquele gajo que tu não gostas? Do tal que tá ao serviço do Campos!
Anónimo a 10 de Outubro de 2010 às 18:09

Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
15
16
18
20
22
23
25
29
30
31
últ. comentários
Este blog obsessivo-compulsivo com disturbio tripo...
Mudaste de nome porquê...? para nos tentar enganar...
Não aprenderam nada. Infelizmente.
Ó Nasazzi, tu tens 3 personalidades, homem? Devias...
Acaba é com o blogue e faz um novo! E sai do anoni...
Mudança de linha editorial?Espera-se mais a...
É tudo uma questão de doença.Uns param os comentár...
Vá lá, já é tempo de comentar as últimas do Rio Av...
Nao responde porque está entaldo, queria que o RA ...
O Rio Ave ganha, há uma Assembleia Geral e este ga...
blogs SAPO